O Turismo no Rio de Janeiro

O Turismo no Rio de Janeiro é uma das atividades econômicas mais importantes do estado. Não à toa. A cidade é a vitrine de nosso país no exterior.

O Rio é o lugar que acolhe as diferenças e tem a população considerada uma das mais receptivas do Brasil. Deve ser a inspiração da natureza desse lugar. O cheiro de mar e mato que se mistura ao asfalto. Pode ser também o sol presente o ano todo que distribui energia à cidade e sua gente. Seja qual for a inspiração, o fato é que o carioca tem prazer em ser hospitaleiro. O carioca ama apresentar a Cidade Maravilhosa a seus visitantes.

O turista no Rio de Janeiro é agraciado com belezas naturais de tirar o fôlego desde o parque do flamengo até Grumari. Esta última uma das praias mais afastadas do centro da cidade. O que se vê no caminho é um espetáculo de mar, areia e muito verde.

Além das indiscutíveis belezas naturais, o Rio também é dono de bairros históricos. São lugares que preservam construções do período colonial, a riqueza do barroco e rococó nas Igrejas e fachadas, a arquitetura da Belle Epoque em alguns de seus teatros, museus e cafés. Além de tudo isso, o Rio brinda seus visitantes com uma vida cultural vibrante, gastronomia para todos os gostos e noites agitadas em points cheios de charme. O Rio é daqueles lugares que quanto mais se explora, mais se quer descobrir.

 

O que há de novo quando o assunto é fazer turismo no Rio de Janeiro

 

A Geografia da cidade é um convite à contemplação. O Rio de Janeiro é construído entre o mar e a mata atlântica nas montanhas, conferindo beleza única à seus bairros. Estes estão divididos pelas 4 zonas da cidade. Cada uma delas com características próprias: zona Norte, Oeste, Sul e o Centro. Acompanhe o site Olhares Brasil que estamos preparando para breve a série “Rio de Janeiro: dos portugueses aos cariocas”. A série vai trazer a história dos principais bairros do Rio e descrições mais detalhadas sobre eles.

Legado Olímpico

A principal área de interesse turístico no Rio de Janeiro vem sendo durante décadas a zona sul e o centro do Rio devido a estas regiões terem a melhor estrutura para atendimento ao turista. No entanto, tem-se desbravado em grande escala as outras zonas da cidade, mostrando um Rio de Janeiro diferente, ainda mais diverso e único.

Na mesma proporção ao aumento do interesse turístico por outras regiões, vem crescendo o investimento em infraestrutura para atendimento dessa demanda. Exemplo disso é que desde 2014 com a Copa do Mundo e as Olimpíadas houve uma melhora expressiva no acesso à zona oeste. Isso se reflete no investimento na infraestrutura de transporte. O BRT que trafega em faixa especial e o metrô que chegou à Barra da Tijuca na estação Jardim Oceânico, são exemplos dessa melhoria.

Trilha Transcarioca

Também na zona oeste começa a maior trilha da América do Sul, a Transcarioca. Nos 180 Km divididos em 25 trechos distintos se pode ter a partir de dentro da mata uma outra visão da Cidade Maravilhosa. Pedra do Osso, Parque Municipal de Grumari, Mirante da Toca Grande, Alto da Mangalarga dentre outros são alguns dos trechos dessa trilha recém descobertos por turistas e pelos próprios cariocas.

Trilha Transcarioca

Trilha Transcarioca

É também na zona Oeste que estão localizadas as praias de Grumari, Prainha, Macumba, Pontal, Recreio e Reserva. São praias ainda pouco visitadas mesmo pelos cariocas e na opinião de muitos as mais fantásticas do Rio de Janeiro.

Na região da Barra da Tijuca encontram-se também os maiores shoppings da cidade e uma grande variedade de restaurantes com excelente reputação dentro do circuito gastronômico da cidade. O Cozinha Artagão, especializado na cozinha brasileira, é um deles.

Naquela região também é realizado um dos maiores eventos que ocorrem na cidade: o Rock in Rio. Este ano acontece entre os dias 15 e 24 de setembro, na nova Cidade do Rock, o Parque Olímpico.

A Nova Praça Mauá

Na já conhecida área do centro do Rio de Janeiro, também há novidades. O turista no Rio de Janeiro ganhou um novo espaço que tem chamado a atenção também dos cariocas.

O novo espaço na praça Mauá agora denominado Boulevard Olimpico abriga dois museus. Um deles é o MAR (Museu de Arte do Rio), com dois edifícios ligados um ao outro, o histórico palacete D. João VI e um edifício em estilo moderno. O museu trata das dimensões históricas e contemporâneas da arte por meio de mostras de longa e curta duração, de âmbito nacional e internacional e ainda tem como missão promover o valor da arte no ensino público por intermédio da Escola do Olhar.

Museu do Amanhã

Museu do Amanhã

O outro é o novíssimo Museu do Amanhã. Ganhador do prêmio de melhor museu da América Latina, o Museu do Amanhã é dono de uma arquitetura contemporânea dedicada a mostrar o uso sustentável dos recursos naturais. Isso é notável nas placas solares na cobertura da construção que movimentam-se como asas acompanhando a posição do sol e aumentando a captação de energia. Além disso o museu é totalmente interativo. Possui um sistema de assistente digital que permite que o usuário interaja com o museu. Aproveite os divertidos jogos ou simplesmente descortine informações educativas nas telas espalhadas pelas galerias. Interessante, bonito e de utilidade pública. Imperdível!

Porto Maravilha

Seguindo uma pequena linha férrea encontramos o charmoso VLT (Veículo Leve sobre Trilhos). Um  tipo de elétrico no melhor estilo europeu que é também novidade em termos de transporte na cidade. Ele atravessa o Porto Maravilha que se estende por quase 2 km em uma área totalmente revitalizada. Encontram-se alí galpões de arte e eventos; o belíssimo Mural Etnias do artista grafiteiro Eduardo Kobra; a região do Cais do Valongo que aborda a história da chegada dos escravos à cidade; e o novíssimo Aquário do Rio. Tudo isso em um espaço que se percorre facilmente caminhando. Aproveite a vista da Bahia de Guanabara, de Niterói, além da observação dos pousos dos aviões no Aeroporto Santos Dumont.

A cidade está cheia de novidades e os cariocas estão loucos para mostra-las.

 

O Turismo no Rio de Janeiro em carro privativo

 

Achamos que o turista no Rio de Janeiro precisa de atenção mais focada na experiência pessoal. Acreditamos que a correria dos passeios turísticos usuais pode prejudicar essa experiência. Por isso a ideia é oferecer um tipo de serviço turístico que proporcione ao visitante a otimização do tempo com conforto.

Quer conhecer o Rio de Janeiro no conforto de um carro particular e sem correria? Veja os pacotes aqui.